quinta-feira, 14 de maio de 2009

Transfer: Miami - Londres - Atenas





Depois de muita expectative desembarquei do Century em Miami no dia 25 de abril. A Luanda, brasileira do shopping, também desembarcou comigo, mas ela estava indo para casa. Passamos o dia todo no Aeroporto de Miami juntas, comendo sushi, passeando, fofocando… Meu vôo de Miami para Londres foi tranqüilo. Cheguei às 10 da manhã e fui direto passar pela imigração para tentar conhecer alguma coisa nessas horinhas entre um vôo e outro. Peguei um trem até o centro de Londres e lá foi bem fácil de achar a parada da “Linha Turismo”. Tirei muitas fotos, caminhei bastante. 26 de abril foi o dia da maratona de Londres, por conta disso, a cidade estava super movimentada, ruas trancadas e decoradas. Passei pelo Big ben, Casa do Parlamento Ingles, Big Eye, Westminster Abbey, Buckingan Palace, Marble Arch, Catedral de Sao Paulo, Globo de Shakespeare, Tower bridge, etc. Depois desse dia longo e agradável, voltei para o Aeroporto para pegar meu vôo em direção a Atenas. Conheci uma grega bem velhinha que estava em LA visitando o filho. A vózinha grega era a coisa mais querida, me deu o telefone dela e disse que se eu precisasse de alguma coisa era para ligar para ela. Inclusive ela me deu uma conselho: só case se for com um homem que tenha dinheiro, amor não dura sem dinheiro… Conselho sábio da grega, hein?! Cheguei em Atenas às 2h30 da madrugada e não tinha ninguém da empresa me esperando. Peguei um táxi, gastei 50 Euros e fui para o hotel em Piraeus, cidade próxima a Atenas, onde fica o porto. Claro que se não tinha ninguém me esperando no Aeroporto, também não tinha nenhuma reserva para mim no hotel... O recepcionista foi muito legal, me acomodou em um quarto e no dia seguinte quando acordei ele já tinha resolvido tudo com a empresa. Meu primeiro dia na Grécia não foi muito produtivo, eu estava muito cansada por causa dos dois dias voando, dormi o dia todo! Fiz os planos para os dias seguintes e descansei. Na manhã do segundo dia peguei um trem de Piraeus para o centro de Atenas e fui conhecer a operadora de turismo que nos atende no navio, a Navigator. O Sr. Axis, o chefão da empresa, cuidou de mim como uma filha, me deu vários materiais, guias e mapas da Grécia, me apresentou toda a equipe dele e foi passear comigo. Comprou um sanduíche grego delicioso para mim e me colocou na “Linha Turismo” de Atenas para eu ter uma idéia de como é a cidade. Vi o Parthenon de longe, a Praca da Constituicao, muitos predios antigos, o Templo de Zeus, os jardins nacionais, a biblioteca nacional, todos aqueles lugares que um dia eu estudei na escola e na faculdade... Depois de uma hora e meia rodando, fui para a segunda excursão do dia. Ele também me deu o ticket para um passeio pelo litoral, até Sunio, onde fica o Templo de Poseidon. Linda vista! Voltei para Atenas e peguei novamente o trem para Piraeus. Ainda bem que quase todo mundo fala Inglês nessa terra, porque é impossível entender qualquer coisa em grego. No dia seguinte, acordei bem cedo para pegar o barco da excursão que resolvi fazer por minha conta, para conhecer três ilhas próximas a Atenas: Aegina, Hydra e Poros. A noite voltei para o hotel e o Adonis, o grego aquele lá do primeiro contrato, venho da cidade dele, cerca de 6 horas dirigindo de Atenas, para passear comigo! A coisa mais querida, me levou para jantar em Plaka, a zona badalada de Atenas, com direito a mais comida gostosa e cerveja grega. No dia seguinte acordei de novo bem cedinho para ir até o porto encontrar o pessoal da operadora. Tinha um navio da MSC no porto e ele me convidaram para fazer a excursão que oferecemos para os hóspedes na Azamara. Conheci outros lugares perto de Piraeus e paramos na Acrópoles para visitar. Depois de uma boa caminhada, pude admirar o Parthenon e o Templo de Athena / Nike. Desci o morro da Acrópole para pegar um metro até o outro lado da cidade para encontrar o Adonis, que estava resolvendo o imposto de renda dele. Fomos almoçar com um amigo de infância dele, médico, rico, por volta dos trinta anos, super legal. Seria um ótimo partido para as minhas amigas, mas ele não é muito bonitinho. Vamos dizer que ele é um fofinho simpático! Comemos muito e demos muitas risadas. Depois de muitas cervejas, eu e o Adonis fomos nos arrastando até Lykavittos, o morro que eu queria muito visitar, de onde se tem uma vista linda de toda Atenas. Foi muito difícil chegar até lá depois de tanta comidae bebida, mas a vista vale muito a pena! Caminhamos por toda a área central de Atenas, conheci tipo a Padre Chagas de Atenas, super luxuoso e badalado, fomos tomar sorvete em um outro lugar refinado com uma vista para o mar lindíssima com uns tios dele e um sobrinho. Dia longo... Bem aproveitado! Na manhã seguinte, acordei com pena de deixar essa vida boa e ter que começar a trabalhar de novo! Fomos almoçar em um restaurante de frutos do mar em Piraeus, perto do porto, e depois embarquei na minha nova casa, Azamara Quest!
Legenda das fotos: eu em Londres durante a minha rápida visita, Parthenon na Acrópole e vista de Atenas do alto do Lycavittos.


2 comentários:

Drielli Gusmão disse...

Olá Juliana,

Estou passando pelo processo de seleção para trabalhar nessa posiçao tembém.. Entre em contato comigo para conversarmos: drielligusmao@yahoo.com.br
Até mais,
Drielli

_ disse...

que inveja. eu iria pra azamarra bem rapido. ^^